Rosto da Cidade recupera o azul da Igreja do Rosário

No Centro Histórico

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Terminam nos próximos dias os trabalhos de recuperação da fachada da Igreja do Rosário, na Praça Garibaldi, no Centro Histórico de Curitiba. Nesta terça-feira (6/8), o prefeito Rafael Greca vistoriou os serviços que fazem parte do programa Rosto da Cidade.

 “A antiga igreja do povo negro de Curitiba não merece outra coisa se não o azul do céu, dos olhos da Helena Kolody e do manto sagrado de Nossa Senhora”, disse Greca.

A Igreja Nossa Senhora do Rosário foi construída em 1846 no local onde ficava a Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos de São Benedito.

Curitiba

O prefeito acompanhou o trabalho de pintura, feito com o auxílio de um equipamento de rapel, ao lado da presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Cristina de Castro, do diretor de Patrimônio Cultural da Fundação, Marcelo Sutil, e do diretor de Parques e Praças da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Jean Brasil.

A igreja será o 13º imóvel privado finalizado pelo projeto da Prefeitura de Curitiba, que envolve melhorias de prédios de interesse histórico e melhorias na acessibilidade, paisagismo e iluminação pública.

  • Rosto da Cidade já recuperou 32 imóveis históricos no Centro de Curitiba

A atuação em imóveis particulares foi permitida após aprovação de um projeto do Executivo na Câmara Municipal de Curitiba. Também fazem parte das ações da Prefeitura a melhoria da iluminação pública e da acessibilidade.

Além de 20 imóveis públicos já concluídos pelo Rosto da Cidade, há outros 22 particulares – 12 concluídos e outros 10 em execução.

Com seis etapas, o Rosto da Cidade é uma ação conjunta desenvolvida por Ippuc, Fundação Cultural de Curitiba e as secretarias municipais do Meio Ambiente e de Obras Públicas.

Charme barroco em Curitiba

A Igreja Nossa Senhora do Rosário foi construída em 1946 no local onde ficava a Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos de São Benedito, edificação de 1737. No estilo barroco, possui em sua fachada os azulejos originais e abriga o túmulo de Monsenhor Celso.

Depois da abolição da escravatura, o santuário passou a ser conhecido como “Igreja dos Mortos”, por estar instalado no trajeto para o Cemitério Municipal e ser o local escolhido frequentemente pela comunidade para a realização das missas de corpo presente.

Dentista em Curitiba?

Odontologia em Curitiba qual a importância de procurar os serviços?

Curitiba

Odontologia em Curitiba – Cuidados pós extração do dente – saiba mais – Clique aqui
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkdin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
DEIXE UM COMENTÁRIO