Refeição nos restaurantes populares de Curitiba fica 40% mais cara a partir de hoje

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Refeição nos restaurantes populares de Curitiba fica 40% mais cara a partir de hoje

O preço da refeição nos cinco Restaurantes Populares de Curitiba passa a custar R$ 2,80 a partir desta segunda-feira (6). O valor era de R$ 2, ou seja, um aumento de 40%. De acordo com a Prefeitura, desde janeiro de 2015 o preço não era reajustado pelo município.

Conforme a Prefeitura, neste período, alguns alimentos tiveram um aumento acumulado bem acima da média do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), medido pelo IBGE, como o feijão carioca (116,79%), a cebola (66,60%), o feijão preto (63,16%) e o tomate (62,90%).

Luiz Gusi, secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, explica que o custo do preparo da alimentação é R$ 7 e, com o novo valor da refeição, o município passa a subsidiar R$ 4,20 para garantir uma alimentação saudável para os moradores da capital que frequentam as unidades Matriz, Sítio Cercado, CIC/Fazendinha, Pinheirinho e Capanema.

Diariamente, os cinco restaurantes populares da Prefeitura oferecem 4,7 mil refeições e um cardápio balanceado, com verduras ou legumes, crus ou cozidos, que fornecem fibras, vitaminas e minerais; arroz e feijão para suprir a necessidade de carboidrato; e alternâncias de carnes vermelha, suína, de frango e de peixe para a proteína.  Não há fritura ou enlatados. A carne é sempre assada, cozida ou grelhada.  O menu muda todo dia e é formado sempre por seis itens selecionados pelas nutricionistas da Smab.

*Com informações da SMCS*

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
Linkdin
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
DEIXE UM COMENTÁRIO